Botânica - Programa de Pós Graduação

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA
Departamento de Ciências Biológicas
Programa de Pós-graduação em Botânica
Av. Transnordestina s/n, Novo Horizonte
CEP 44036-900, Feira de Santana, Bahia, Brasil
Telefone: 75 31618790
E-mails: botanica@uefs.br | ppgbot@gmail.com

Conhecimento Sistemático
Contribuindo para a preservação dos ecossistemas regionais.

Infraestrutura

Infraestrutura

O Departamento de Ciências Biológicas (DCBio) tem hoje 21 laboratórios de pesquisa que dispõem de infraestrutura básica para o desenvolvimento de seus projetos e que dão suporte às atividades do PPGBot. Outros laboratórios, apesar de não estarem relacionados diretamente com as atividade do Programa, possibilitam o desenvolvimento de alguns projetos que tem interface com a Botânica.

HERBÁRIO (HUEFS) E LABORATÓRIO DE TAXONOMIA VEGETAL (TAXON)
 O Herbário da Universidade Estadual de Feira de Santana (HUEFS) contava com uma área de cerca de 300m² adaptada em espaço de aula teórica e o Taxon com uma área de 55 m2. A partir de outubro de 2002, o herbário passou a ocupar um espaço de ca. de 500 m², projetado para esta finalidade, no novo prédio dos laboratórios de pesquisa do Depto. de Ciências Biológicas, e a partir de 2005 se dará início a construção do prédio exclusivo do herbário, financiado pelo FINEP, o que deverá aumentar as instalçãoes hoje existentes. Atualmente os espaços estão organizados em secretaria, sala de computação, sala de coleção geral, sala de identificação de material e sala da curadoria.

LABORATÓRIO DE MICROMORFOLOGIA VEGETAL (LAMIV)
O Laboratório de Micromorfologia Vegetal (LAMIV) está situado no prédio recentemente construído para os Laboratórios de Pesquisa do Departamento de Ciências Biológicas (LABIO), com uma área física de 103.95 m2, subdividida em dois laboratórios com ca. 35m2 cada, para o desenvolvimento de projetos de pesquisas em Anatomia Vegetal e Palinologia.

LABORATÓRIO DE SISTEMÁTICA MOLECULAR DE PLANTAS (LAMOL)
O LAMOL foi criado em 2003, e tem como linhas de pesquisa principais Filogenia Molecular Vegetal, Variabilidade Genética Vegetal e Biologia Molecular Vegetal. Tem uma área de 35 m2 e inclui todos os equipamentos necessários à manipulação de DNA e isoenzimas nas suas três linhas de pesquisas.

UNIDADE EXPERIMENTAL HORTO FLORESTAL
A Unidade Experimental Horto Florestal constitui-se um Centro de Ensino, Pesquisa e Extensão ligado ao Departamento de Ciências Biológicas da UEFS, onde são realizadas atividades nas áreas de Fisiologia Vegetal, Educação Ambiental, Botânica Econômica e Preservação de Recursos Genéticos Vegetais, principalmente com plantas medicinais, fruteiras e ornamentais do semi-árido do Nordeste do Brasil.

LABORATÓRIO DE ETNOBIOLOGIA (LETNO)
O Laboratório de Etnobiologia localizado no LABIO compreende uma área de 70m² distribuídos nos seguintes ambientes: quatro gabinetes de professores (2,10m x 2,80m) e três estações de trabalho para transcrições de fitas (1,0m x 1,0m). Associado ao LETNO existe o Núcleo Iraí de Desenvolvimento Sustentável ao qual estão vinculados vários projetos que têm relação com o PPGBot.

LABORATÓRIO DE ORNITOLOGIA E MASTOZOOLOGIA (LORMA)
O LORMA localiza-se no LABIO, ocupando uma área de 80 m2, dividido nos seguintes ambientes: três gabinetes de professores, uma sala de coleções, um laboratório de taxidermia, com pia, e uma sala de reunião e triagem de Materiais.

LABORATÓRIO DE ENTOMOLOGIA (LENT)
O Laboratório de Entomologia da UEFS ocupa uma área de 208 m2 distribuido em 3 espaços: Ecologia de Insetos, Biologia de Vespas e Cupins e Biologia de Abelhas. Este laboratório dá suporte às pesquisas sobre interação inseto-planta, e às pesquisas desenvolvidas por duas professoras do Programa, Dra. Miriam Gimenes, nas linhas de polinização, ritmos biológicos, e Dra. Cândida Maria Lima Aguiar, na linha de uso de recursos florais por comunidades de abelhas.

LABORATÓRIO DE FICOLOGIA (LAFICO)
A equipe do Laboratório de Ficologia é composta por pesquisadores que desenvolvem pesquisas em biodiversidade de comunidades de micro e macroalgas do Estado da Bahia. Dentro da linha de pesquisa do LAFICO, destacam-se duas sub-áreas, uma relacionada ao estudo taxonômico e ecológico das microalgas de ambientes lóticos e lênticos, incluindo alguns representantes macroscópicos e outra, voltada para o ambiente marinho, com enfoque nos representantes das divisões Cyanophyta, Chlorophyta, Phaeophyta e Rhodophyta.

LABORATÓRIO DE MICOLOGIA (LAMIC)
O LAMIC apresenta uma área de 35 m2. A linha de pesquisa do LAMIC é a taxonomia e aplicações biotecnológicas de fungos anamórficos.

LABORATÓRIO DE PESQUISA EM MICROBIOLOGIA (LAPEM)
O LAPEM apresenta uma área de aproximadamente 128m2 subdividida em três laboratórios menores. As linhas de pesquisa do LAPEM compreendem sistemática, ecologia, genômica e aplicações biotecnológicas de fungos e bactérias.